logo-dominio-branca

Transforme sua empresa MEI em ME

Microempreendedor, descubra um jeito fácil e simples de tranformar o MEI em ME. Nós da Domínio Contabilidade vamos ajudar você escolher sua melhor forma de tributação.

Por favor preencha seu Nome e E-mail e enviaremos uma proposta...
Sim! Quero Receber uma Proposta
Fique Tranquilo, seus dados vão ficar 100% Livres de SPAM.
image3
Solicite Agora uma Proposta Grátis!

Navegue e Veja Nossas Soluções que Fazemos para Sua Empresa

seta-branca-topos-vertical

Tem algum serviço extra?
Sua Empresa 100% Regular
  • Todas Obrigações com a Receita Federal e Estadual.
  • Cálculo e Emissão das Guias de Imposto.
  • Folha de Pagamento e Pro-Labore dos Sócios.
  • Relatórios Contábeis (DRE, Balanço, Balancete, Livro Caixa...
  • Elaboração de Escrituração Fiscal, apuração de impostos, envio das declarações mensais e anuais...
  • Uma plataforma 100% segura, com diversas funcionalidades exclusivas.
Principais Dúvidas

Quanto Custa para Tranformar MEI em ME?
Os Custos de alteração variam de acordo com a região no Brasil, aqui em Brasília por exemplo o custo é de no máximo R$ 85,00. Nós auxiliamos você a tomar a melhor decisão no processo de alteração.

É possível emitir nota fiscal no processo de alteração?
Sim. Você pode emitir nota fiscal normalmente durante o processo de transformação da sua empresa, por tanto sua empresa não para no processo. Vale lembrar que seus impostos serão cobrados já como ME, com alíquotas que variam de acordo com a sua atividade.

Quanto tempo demora o processo de transformação?
Hoje o processo de transformação demora em torno de 15 a 30 dias úteis. A alteração passa por alguns processos em distintos órgãos públicos. Todo processo é realizado pela Domínio Contabilidade, por um valor de honorários justo e com garantia e agilidade.

Minha Empresa Pode ser do Simples Nacional?

Hoje várias atividades podem ser enquadradas no simples nacional, desde que tenha um faturamento de até 3,6 Milhões anuais. Hoje várias empresas prestadoras de serviços podem ser optante do simples nacional como: Corretores, advogados, escritórios de engenharia e arquitetura e outro..

Além disso os seguintes casos são mais comuns de veto são:

  • Empresas que sejam sócias de outra empresas
  • Empresas cujo sócio participe de outras empresas Simples e que o somatório do faturamento delas seja maior que R$ 3.600.000,00. Ex: Empresário A é sócio da empresa B e C. As duas empresas no Simples. A soma do faturamento de B e C não pode ser superior a R$ 3.600.000,00
  • Empresas cujo sócio participe de outras empresas com mais de 10% do capital de outra empresa não beneficiada pelo Simples Nacional, desde que a receita bruta global ultrapasse o limite de R$ 3.600.000,00 (três milhões e seiscentos mil reais). Ex: Empresário A é sócio da empresa B e C. A empresa B é Simples. A empresa C é lucro presumido e fatura R$ 4.000.000,00 / ano. Neste caso o empresário A somente pode ter menos de 10% da empresa C
  • Empresas com débitos tributários federais, estaduais, municipais ou dívidas com a Previdência
Domínio Contabilidade e Assessoria Ltda - CRC/DF 1.111/O - Tel.: 61 - 3965-0401 ou 3491-5411